quinta-feira, 14 de abril de 2016

Eis que você retorna ao meu coração

Eis que você retorna ao meu coração
Depois de um longo tempo distante
Não sei por onde andou, devo confessar
Mas prefiro deixar de perguntar...

Talvez tenha sido necessário pra você
voar por outros ares e encantar
Me deixando aqui sozinho, para pensar
E sentir o que posso ter sem você...

É verdade, o mundo perde um pouco da cor
Os dias se tornam comuns e sem valor
Mas sei que estive errado e estou a favor
Temos que seguir, seja para onde for.

E eis que você retorna ao coração
Devolvendo a saudade e a pulsação
O desejo e a vontade, comemoração

De que tudo acontece quando estamos prontos
para reconhecer nas cinzas dos sentimentos
Que um dia, um novo surgirá, entre lamentos.

Para mostrar que é preciso continuar
Mesmo quando não vemos razão de andar
Seguir a estrela que brilha no firmamento.

Atravessar os mares e todos os tormentos
Acreditar e seguir aquela força da imensidão
Pois o amor, sempre retorna ao coração.

É preciso seguir para ver onde se vai chegar
É preciso continuar para ver o que encontrar
É preciso viver, para descobrir que podemos amar.